A corrente do bem: restaurante coloca geladeira na calçada para moradores de rua

Em outubro de 2015, mostramos aqui no Awebic a iniciativa de um empresário de Goiânia que, inconformado com o desperdício diário de comida, inaugurou a geladeira solidária na calçada de seu comércio.

A notícia causa uma mobilização enorme e recebemos contatos de várias pessoas interessadas em fazer o mesmo em outras cidades brasileiras.

Isso é um sinal que a solidariedade existe e é capaz de nos colocar em ação e querer ajudar outros cidadãos que não têm o que comer.

Agora chegou a vez do Restaurante Solidário

awebic-restaurante-solidario-00001

Como mencionamos em outubro, a ideia da geladeira solidária não é novidade na Europa e, hoje, conta com muitos adeptos. Ainda bem!

Atualmente o desperdício de comida se tornou um problema tão grave, que algumas empresas internacionais, como a Starbucks, alteraram totalmente sua política de modo a evitar ao máximo que isso aconteça. Ainda assim, os restaurantes são os campeões de desperdício.

Por esse motivo, Minu Pauline, uma empresária e dona de um restaurante em Kochi, na Índia, resolveu tomar uma atitude e fazer a sua parte.

A empresária ficou profundamente tocada quando viu uma mulher que mora na rua ingerindo comida jogada na lata de lixo e teve uma ideia brilhante que unia o útil ao agradável.

A (outra) geladeira solidária

awebic-restaurante-solidario-00002

Minu Pauline notou que o seu restaurante, o Pappadavada, produzia muitas sobras. Foi aí que a empresária resolveu colocar uma geladeira na calçada para que os moradores de rua pudessem se servir.

Diferentemente da geladeira de Goiânia, a geladeira do Pappadavada fica disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana e está acessível a todos.

O abastecimento da geladeira é feito por meio de doações regulares de outros donos de restaurantes e de pessoas comuns que moram nos arredores e ficaram felizes com a iniciativa da empresária. Diariamente, são deixadas de 75 a 80 porções de comida.

awebic-restaurante-solidario-00003

“O dinheiro é seu”, Minu disse ao The Huffington Post. “Mas os recursos pertencem à sociedade. Essa é a mensagem que eu quero passar. Se você está gastando dinheiro, você está desperdiçando recursos da sociedade.”

Veja as fotos da geladeira do Pappadavada.

restaurante solidário 4

awebic-restaurante-solidario-00004

awebic-restaurante-solidario-00005

awebic-restaurante-solidario-00006

Acabar com a fome mundial é utopia?

awebic-fome-na-india00001

A situação da fome na Índia é bem grave. Para que você compreenda a gravidade, pense que, em 2014, a Índia via o Brasil como um modelo a ser seguido para combater a fome!

Seriam necessárias milhões de geladeiras para começar a causar algum impacto na fome mundial, porém alguém tem que dar o primeiro passo.

Nenhuma atitude é insignificante e se uma pessoa é beneficiada, pode-se dizer que é uma pessoa a menos nas estatísticas assustadoras da ONU.

Tudo o que você puder fazer fará uma grande diferença na vida de alguém! Pense nisso!

Fonte: boredpanda.com.

Texto publicado aqui.

Tópicos recentes

Comentários

    Arquivos

    Categorias

    Meta

    Certificação em produção de conteúdo para web

    Be First to Comment

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *