Quando a natureza está em sintonia: veja os vencedores do concurso ‘Fotos de Viajantes 2015’

Certamente não foi uma tarefa fácil escolher os três primeiros colocados do concurso Fotos de Viajantes 2015 idealizado pela National Geographic.

Foram mais de 17 mil fotos recebidas de todas as partes do mundo nas categorias Retratos de ViagemCenas ao Ar LivreSenso de Lugar e Momentos Espontâneos.

As imagens vencedoras refletem a sensibilidade dos viajantes que as capturaram: momentos em que a natureza entra em uma sincronia tão perfeita que é praticamente impossível não pensar em uma força maior regendo tudo isso!

O grande vencedor do concurso foi Anuar Patjane Floriuk com a imagem de mergulhadores nadando bem próximo à uma baleia jubarte e seu filhote perto de Roca Partida, uma ilha na costa do México. Floriuk levou como prêmio uma expedição fotográfica da National Geographic de oito dias pela Costa Rica e Panamá para duas pessoas.

Em uma entrevista sobre a imagem capturada Floriuk disse que a foto não foi planejada: “Eu estava tirando fotos perto da cabeça da baleia e, do nada, ela começou a nadar em direção ao resto da equipe de mergulho. Os mergulhadores deram passagem à baleia e ao seu filhote, e eu simplesmente cliquei o momento quando o fluxo e a composição me pareceram certos.”

TIMING PERFEITO! A IMAGEM É FANTÁSTICA!

O concurso está em seu 27º ano e tanto fotógrafos profissionais quanto amadores podem participar.

OS VENCEDORES

Veja abaixo as imagens vencedoras e que tal se animar para o concurso do ano que vem? 🙂

1º lugar: Os Encantadores de Baleias

Nadando com a baleia jubarte e seu filhote enquanto elas cruzam calmamente Roca Partida, em Revillagigedo, no México.

2º lugar: Trabalhadores de Cascalho

O local onde o cascalho é esmagado permanece empoeirado e cheio de areia. Três trabalhadores estão olhando pelo vidro de seu local de trabalho. Chittagong, Bangladesh.

3º lugar: Ardah de Camelos

Ardah de Camelos, como é conhecido no Omã, é um dos estilos tradicionais de corrida em que dois camelos são controlados por especialistas. O camelo mais rápido é o perdedor, portanto, eles têm de correr na mesma velocidade, seguindo o mesmo trajeto.

O objetivo principal do Ardah é mostrar a beleza e a força dos camelos árabes e as habilidades de quem os monta.

OS VENCEDORES POR MÉRTIO

Outros fotógrafos que estavam no lugar certo e na hora certa também tiveram suas imagens divulgadas por mérito. São cenas incríveis de lugares inimagináveis. Confira!

Vencedora por Mérito: Uma Noite em Deadvlei (Beth McCarley)

“A noite antes de retornar à Windhoek, ficamos várias horas em Deadvlei. A lua estava clara o suficiente para iluminar as dunas de areia à distância, mas o céu ainda estava escuro e podíamos ver a Via Láctea e as Nuvens de Magalhães”.

Vencedora por Mérito: Pegando o Pato (Sarah Wouters)

Dois garotos estão tentando pegar um pato em um riacho de uma cachoeira. Província de Nong Khai, Tailândia.

Vencedor por Mérito: Romênia, a Terra do Faz de Contas (Eduard Gutescu)

Gelo cobrindo a Vila de Pestera. A Romênia é conhecida por suas lendas místicas.

Vencedor por Mérito: Highlanders (Bartlomiej Jurecki)

A tradicional fenação na Polônia. Muitas pessoas continuam a usar a foice e a forquilha para separar o feno.

Vencedora por Mérito: Rinocerontes Brancos (Stefane Berube)

“A noite anterior à essa foto, tentamos o dia todo conseguir uma boa foto dos rinocerontes brancos que estão ameaçados de extinção. Me esgueirar com cuidado, tentando ficar a 10 metros de distância por segurança, não me rendeu a foto que eu esperava. Pela manhã, entretanto, acordei com os três rinocerontes pastando bem na minha frente.” Santuário de Rinocerontes Ziwa, Uganda.

Vencedor por Mérito: Krushti, a luta indiana

Krushti é uma forma tradicional de luta indiana. Usando apenas um tapa sexo bem ajustado, os lutadores entram em uma arena feita de barro, frequentemente misturada com sal, limão e ghee (manteiga indiana). No final do confronto, os lutadores descansam apoiados nas paredes da arena, cobrindo suas cabeças e corpos com a terra para absorver o suor e evitar que fiquem doentes.

Vencedor por Mérito: Sauna nas alturas

Uma sauna à 2800 metros de altura no coração das Dolomitas, Monte Lagazuoi, Cortina, nos alpes italianos.

 

Texto postado aqui

Tópicos recentes

Comentários

    Arquivos

    Categorias

    Meta

    Certificação em produção de conteúdo para web

    Be First to Comment

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *